8 dicas de como colocar a pessoa certa no lugar certo

Olá, antes de lhe passar 8 dicas valiosas para construir equipes poderosas e triunfadoras, lhe apresento duas sacadas reais de Jim Collins, autor dos livros best sellers “Feitas para durar” e “Empresas feitas para vencer”:

“Ter as pessoas certas tem mais a ver com talentos inatos e caráter, do que com experiência ou habilidades específicas.”

“A habilidade executiva número um é escolher as pessoas certas e colocá-las nas posições certas”.

Jim Collins foi discípulo de Peter Drucker, pai da administração moderna. Ele investigou as empresas mais bem sucedidas do mundo, e revelou suas descobertas através de vários livros e artigos!

Cirque du soleil: exemplo de talentos, competências, trabalho em equipe!

Cirque du Soleil é uma companhia extraordinária que admirei desde que assisti a um de seus shows! E mais ainda quando descobri como foi criada e como funciona.

Cirque tem como missão “Invocar o imaginário, provocar os sentidos e evocar a emoção das pessoas no mundo todo”.

Veja o que um catalizador de talentos é capaz de realizar: Guy La Liberté, criador do Cirque du Soleil, um dia sonhou em tornar o mundo melhor através de espetáculos circenses. Começou com um grupo de 7 amigos e hoje tem mais de 2.000 líderes e colaboradores, de 50 nacionalidades diferentes!

Hoje, com a fundação One Drop, Guy sonha em contribuir com um mundo melhor combatendo a pobreza e dando acesso à água para todos.

Tive a oportunidade de assistir a uma palestra de Linda Gosselin, vice-presidente de RH do Cirque a nível mundial, onde ela compartilhou:

“A companhia é o resultado do investimento e do desenvolvimento de cinco grandes valores ou competências: paixão, responsabilidade, comprometimento, criatividade e trabalho em equipe.

  1. Por paixão, esperamos que as pessoas demonstrem o desejo de contribuir para o sucesso do Cirque;

  2. Por responsabilidade, entendemos que toda pessoa é responsável por seus resultados e o impacto de seu trabalho nos resultados dos demais membros da equipe;

  3. Por comprometimento, entendemos as atitudes que as pessoas adotam de compromisso com os demais e a empresa;

  4. Por trabalho em equipe, é a compreensão de que os resultados se alcançam coletivamente;

  5. Por criatividade, são as ideias e as contribuições que as pessoas trazem ao espetáculo e aos resultados”;

“O Cirque nasceu de um sonho: mudar o mundo e torná-lo melhor. Um dos cinco valores do Cirque consiste em extrair nossa inspiração das diversidades artísticas e culturais. O Cirque du Soleil é construído com a contribuição de todos os talentos, que provêm de todos os lugares.

“O respeito é o elemento-chave, pois os indivíduos são aceitos com suas diferenças; nosso objetivo é simplesmente maximizar suas forças e talentos. Também a universalidade da criação é uma das chaves do nosso sucesso.”

Então, o sucesso de uma empresa depende da qualidade de seus líderes e de sua equipe. Assim, é importante identificar pessoas com os talentos e as competências desejados e colocá-las no lugar certo!

A realidade da maioria das organizações parece estar distante disso. O Instituto Gallup apresenta o resultado de uma pesquisa em escala mundial, com mais de 2 milhões de pessoas: concluiu que mais de 80% das organizações desperdiçam os seus talentos.

Peter Drucker, autor do livro “Desafios gerenciais para o século XXI”, afirma que as organizações fazem de tudo para acabar com o talento e a criatividade.

Em vez de aproveitarem as fortalezas naturais de cada um, forçam as pessoas a corrigirem suas deficiências. Você já parou pra pensar nas consequências disso?

Mas como você pode identificar, despertar e desenvolver os talentos próprios e o das demais pessoas?

Existem centenas de tipos de talentos já classificados. E até hoje nunca encontrei alguém “destalentado”. Todo mundo tem talento apesar da maioria o desperdiçar.

Talentos são capacidades inatas para manifestar paixão e facilidade no desempenho de determinadas atividades, atitudes e comportamentos.

Os talentos são ativados por certos ambientes, temas e circunstâncias favoráveis.

Quando se desenvolvem através de competências (conhecimentos, técnicas e experiência) se convertem em alta performance, produzindo excelência, plenitude e inovação.

Portanto a gestão dos talentos inatos e competências adquiridas é o grande diferencial competitivo e sustentável atualmente. E como por fazer isso em si mesmo(a)!

Volto a citar Jim Collins, que disse que as características para saber se a sua empresa contratou o profissional certo são:

  1. As pessoas certas se encaixam nos valores da organização.

  2. Você contratou as pessoas certas quando estas não precisam ser gerenciadas de perto.

  3. As pessoas certas compreendem que não tem emprego, mas sim responsabilidade.

  4. Pessoas certas são aquelas que fazem 100% do que realmente se propõem a fazer.

  5. Você sabe que contratou as pessoas certas quando admite que elas têm uma enorme paixão pela empresa e pelo trabalho que exercem.

Desenvolva uma equipe de talentos! Qual é o resultado desse investimento? A realização de grandes causas, grandes missões e grandes sonhos!